Com o maior comércio de veículos mundial, Xangai abriu as portas para mais uma feira de veículos. 

Um dos polos mais ricos e conceituados em respeito a venda de veículos mundialmente é a China. Com cerca de 1,4 bilhões de habitantes, o salão do automóvel em Xangai mais uma vez abriu as suas portas para o publico em geral, exibindo tecnologia, sofisticação e luxo. 

Alguns números apresentados pelo site inglês just-auto, marcaram praticamente cerca de 100 lançamentos de veículos. 

Grande parte desses lançamentos focado no mercado interno e mais de 139 apresentações foram destinadas para a imprensa em geral.

Com mais de 360.100 m² para exposição ao público, a feira chinesa teve uma duração em um período máximo de oito dias. 

E claro como é de praxe, o mercado interno  da China considerado como o maior do mundo chegou na casa dos 27 milhões de veículos leves e pesados, números esses que apontam 60% a mais do que nos EUA inteiro. 

Novidades não faltaram, algumas estreias mundiais foram grande destaque como os modelos BMW X3M, X4M e X7, Mercedes-Benz GLB ( considerado modelo intermediário entre GLA e GLC para até sete lugares), o luxuoso Porsche Cayenne cupê e Lamborghini Huracán Evo.

A companhia Volkswagen chegou a inaugurar uma exclusiva submarca Jetta destinada ao mercado local.

Modelos replicados e modificados da companhia espanhola Seat e outras marcas que estão presentes apenas por lá.

Tentando obter uma maior aproximação da JAC,  a empresa alemã tem como principal objetivo adquirir uma maior parte das suas ações o qual foi permitido pelo governo da China desde 2018. 

Os modelos SUVs mesmo não tendo uma admiração completa na China, continuaram chamando a atenção nos variados mercados mundiais.

Xangai também é apontado como o maior mercado mundial também no que diz respeito a veículos elétricos e híbridos.

Porém a evolução e a supremacia chinesa para criar e comercializar ainda mais veículos elétricos, esta muito além da visão ambiental.

Fatigados de perder a disputa para os países do ocidente em motores convencionais, eles desejam depender menos do uso de petróleo, embora a maioria de suas usinas são movidas a carvão, algo que apenas piora as emissões brutas de gases CO2.

Por isso apostam fortemente em IA ( abreviação de inteligência artificial), na tecnologia telefônica 5G e sofisticados mecanismos em reconhecimento de voz e de face, tendo através de tudo isso os maiores avanços tecnológicos da indústria automobilística disparadamente em meados dos próximos dez anos.

Para os veículos que interessam ao mercado brasileiro, estão Chevrolet Tracker e o Hyundai ix25, esse último aqui no Brasil lançado como Creta, porém como a exemplo da China essa versão não deve ser tão badalada, outro modelo que despontou por lá foi o novo Nissan Sentra.

O modelo exibido pela Chery foi o SUV dhie topo Tiggo 8, suas mudanças ficarão evidentes quando esse modelo for produzido em Anápolis (GO) no final de 2019.

Já o modelo sedã Arrizo 5 também acabou recebendo alterações em sua parte interna estreando o novo modelo Arrizo 6, modelo esse do mesmo porte do Corolla e do Civic.

Novidades em breve de algumas companhias. 

Informações apontam que a companhia Volkswagen deseja elaborar sua nova picape médio-pequena na Argentina e não na cidade de São José dos Pinhais (PR). A Volks também elabora alguns planos de exportação para cerca de 50 países. 

A Renault acaba de fazer a ampliação de seu novo programa de mobilidade. Além de contar com o aluguel temporário destinado a modelos convencionais exclusivo para seus funcionários, agora disponibiliza sua unidade do veículo elétrico Zoe. 

A Fiat recentemente realizou testes de longa duração na Itália, propondo melhorias relacionadas ao combustível. Uma fusão de 20% de álcool na gasolina. O desempenho mostrado para os veículos em teste apontaram significativa melhora, já a emissão de gás CO2 apontaram quedas de quase 3%. 

Para o Chevrolet Onix 2020 o destaque fica por conta do sedã assim como o modelo hatch. 

Já o Audi Q2L e-tron O Q2  que já estão disponíveis no mercado há um bom tempo, são mais escassos e difíceis de serem assumidos no Brasil.

O modelo crossover possui praticamente o mesmo tamanho do T-Cross, porém o seu espaço interno na linha nacional da Audi ainda é completamente mais apertado. 

Novidades chegando para os motoristas da “noite”

Uma grande novidade vem chegando no próximo meses para a maioria dos motoristas que acostumam exagerar na ingestão de álcool.

Serão comercializados espécies de bafômetros pela fabricante francesa LeBallon.

Com isso os motoristas poderão então checar se os efeitos causados em seu organismo pela ingestão de bebida alcoólica, estão acima do permitido antes de poder assumir o volante.

Para se ter a ideia um copo de cerveja ou apenas uma taça de vinho já causam alterações no sangue e exigem um tempo maior  até não deixar mais resquícios de álcool em todo o organismo.

Para aqueles que desejarem adquirir o bafômetro, ele custará cerca de R$ 100,00 reais e poderão ser adquiridos através da internet. 

Se essa moda ira pegar ainda não sabemos, mas é algo que poderá controlar e muito o número de multas e acidentes no trânsito por embriagues. 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here