Os lançamentos de novos produtos da Fiat e da Jeep estão susjeeppensos em toda a América Latina. Quem revelou essa informação foi o presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa.

O motivo é a pandemia global provocada pelo coronavírus, que derrubou as vendas de veículos e resultou na interrupção da produção industrial do setor.

“Aquele plano de investimentos que era previsto começar em 2018 (…) e terminar em 2024 agora está sendo revisto”, afirmou Filosa durante uma live realizada pelo portal Automotive Business.

“Tudo que era previsto será lançado, mas talvez a gente não pense em lançamentos até 2024, até 2025 ou até um pouco mais para frente”, prosseguiu o executivo.

Segundo Filosa, essa ação tem como objetivo manter o caixa de empresa preparado para arcar com os as despesas fixas da multinacional durante a crise. O dirigente classificou a situação para os próximos meses como dramática para o setor automotivo. “Retiming é uma forma eficiente de ajudar no caixa da empresa”, concluiu.

Filosa disse ainda que alguns produtos que deveriam chegar ao mercado até 2022 vão sofrer atraso de pelo menos seis meses. Ele, porém, não revelou quais são esses modelos. O presidente da FCA citou nominalmente apenas a nova Fiat Strada, que não será afetada, uma vez que seu projeto já havia sido inteiramente concluído antes da crise.

Quais são os lançamentos Fiat e Jeep afetados pelo coronavírus?

Embora Filosa não tenha especificado quais veículos terão a chegada ao mercado adiada, informações extraoficiais permitem apontar alguns deles. Os próximos lançamentos da Fiat deveriam ser as atualizações da picape Toro e dos compactos Argo e Cronos. Além de receberem retoques no visual, esses modelos vão estrear os novos motores turbo da linha FireFly.

A marca italiana também planeja reestilizar o subcompacto Mobi e o furgão Fiorino. Além disso, a marca pretendia importar para o Brasil a nova geração do Fiat 500, com propulsão elétrica. Todas essas novidades ficam, por enquanto, em compasso de espera.

Todavia, as principais novidade do plano de lançamentos da Fiat são dois SUVs. Um deles será derivado da Toro e terá uma traseira com estilo fastback. O outro é baseado no Argo e terá porte compacto, inferior ao do Jeep Renegade, para não provocar concorrência interna e rivalizar com o Volkswagen Nivus.

Por falar em Jeep, a marca de origem norte-americana deverá atrasar os lançamentos do próprio Renegade e também do Compass: além de reestilizados, esses modelos também vão adotar a nova geração de motores FireFly turbo de origem Fiat.

Outra novidade prevista para a linha Jeep é um inédito SUV de 7 lugares. Ele será baseado no Compass, mas, além de porte maior, terá estilo próprio.

Via: AutoPapo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here