Circulam, nas redes sociais, mensagens de texto e voz afirmando que o motorista sem máscara será penalizado pelos órgãos de trânsito.

No comunicado, a informação é de que o comportamento pode custar R$ 128 e três pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), mas Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans) desmentem a notícia.

De acordo com o Detran de Minas Gerais, é falso o texto que circula em grupos de mensagens e em outras redes sociais informando que a instituição está multando os condutores que não estiverem usando máscara dentro do carro, o que valeria para motocicletas também.

Segundo a mensagem, além de multa de R$ 128, o motorista sem máscara poderia perder três pontos na CNH. Em uma versão mais recente da falsa história, um áudio foi produzido com um homem se passando por um locutor de rádio, na tentativa de dar credibilidade a informação. Muitas pessoas têm compartilhado a mensagem viral, gerando confusão.

Por isso, a Polícia Civil esclarece que esse tipo de infração não está prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), não havendo qualquer possibilidade de um agente fazer o auto de infração de trânsito.

Alguns governantes determinaram o uso obrigatório de máscaras em locais públicos, mas não há exigências para a adoção em veículos.

O prefeito de Salvador, Antônio Carlos Magalhães Neto, chegou até a dizer, em uma live, que a capital baiana autorizaria blitze para autuar motoristas sem máscaras, mas logo voltou atrás. Isso porque é da União a competência de legislar sobre o trânsito, não dos estados e municípios.

Para não “cair em fake news” como a citada na reportagem, cheque as informações nos canais oficiais dos órgãos de trânsito.

Fonte: AutoPapo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here