O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran SP) emitiu uma nota comunicando que iniciará nesta sexta-feira, 31, a implementação das novas Placas de Identificação Veicular (PIV). No documento, o órgão determinou algumas diretrizes, dentre elas o valor máximo das placas Mercosul SP.

Valor das placas Mercosul SP

No comunicado oficial, o Detran SP afirmou que procedeu a pesquisa de preço para a adoção das placas Mercosul, chegando aos seguintes valores máximos finais, que servem como referência sugerida tanto ao fornecedor, quanto ao consumidor:

  • Valor do par de placas de identificação de carros, ônibus e caminhões: R$ 138,24.
  • Valor placa avulsa ou de identificação de motocicletas: R$ 114,86.

Atendimento

Em São Paulo, em razão das mudanças significativas de processos de atendimento e sistemas de informática, as atividades de emplacamento do modelo padrão cinza somente serão realizadas para aqueles veículos que tiverem recolhido as respectivas taxas de emplacamento até o dia 24 de janeiro de 2020.

Caso não seja realizada a emissão do Certificado de Registro de Veículo (CRV) até o dia 30 de janeiro, o proprietário deverá realizar o novo emplacamento sob as regras das placas padrão Mercosul. Arcando com os respectivos custos.

As empresas estampadoras credenciadas pelo Detran já estão aptas a iniciar o processo de comercialização das novas placas Mercosul SP. A relação das empresas credenciadas está disponibilizada dentro do portal do Detran, na guia parceiros, empresas estampadoras de placas – PIV, Empresas credenciadas.

As placas padrão Mercosul serão exigidas nas seguintes situações:

  • Primeiro emplacamento;
  • Alteração de categoria;
  • Mudança de município ou de estado;
  • Ocorrências de furto, roubo, extravio ou dano;
  • Segunda placa traseira.

Importante salientar que os veículos emplacados no padrão cinza poderão continuar a circular até o seu sucateamento sem necessidade de substituição para o padrão Mercosul, caso não se enquadrem nas circunstâncias acima.

O proprietário de veículo de maneira voluntária também poderá realizar a troca da placa cinza para o padrão Mercosul, porém, deverá ficar atento para a obrigatoriedade de realização de vistoria veicular e para a emissão de novo CRV, com os respectivos custos de cada procedimento.

Como solicitar as placas Mercosul SP

Nas placas Mercosul SP, não haverá mais o recolhimento das taxas de emplacamento para o Detran, salvo a taxa de escolha dos caracteres alfanuméricos da placa, a qual é opcional.

O proprietário de veículo interessado em realizar o emplacamento deverá efetuar:

  • Os procedimentos de emissão do CRV descritos no portal do Detran;
  • Procurar uma das empresas estampadoras credenciadas pelo órgão;
  • Realizar a aquisição da respectiva placa, bem como do serviço de fixação que será realizado pela mesma empresa estampadora credenciada.

O Detran SP, ao regulamentar o credenciamento de empresas para a produção, comercialização e instalação das novas PIV, fixou somente parâmetros técnicos. No entanto, como explicado acima, tornou público que realizou pesquisas de preços para a implantação da denominada “placa Mercosul” chegando aos valores descritos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here