Conheça o Bugatti Chiron de R$ 9,5 mi, o veículo mais potente do mundo.

Tradição italiana em produzir incríveis máquinas agora faz o Bugatti Chiron entrar para a história. 

Se por um lado a Itália sempre teve a fama de ter produzido super carros como Alfa Romeo, Ferrari e Lamborghi, pelo outro lado também temos a Itália dessa vez fazendo história e criando o espetacular e considerado carro mais potente do mundo, o incrível Bugatti Chiron. 

A história se inicia com Ettore Bugatti um italiano que desde a sua adolescência, sempre manteve a imensa paixão pela velocidade, assim como eu hahaha. 

Em praticamente todos os seus ideais, sempre se mostrou clara a grande devoção em não criar apenas um carro que fosse considerado o mais veloz do mundo, mas também o mais perfeito e também luxuoso.

Em meados dos anos 90 mais precisamente no ano de 1998 a empresa Bugatti foi comprada pela Volkswagen, a ideia seria fazer com que a marca fosse totalmente inovada.

Um ano depois em 1999 eis que surge o primeiro protótipo elaborado pela equipe de engenharia alemã com o ideal de alterar definitivamente a história do veículo e claro enaltecer ainda mais Bugatti o criador de tudo. 

Já em 2005 um veículo chamado Veyron surge de uma forma definitiva, levando consigo todas as características e estilos que Ettore tanto almejou, e o projeto de possuir o automóvel de série mais veloz e mais caro do mundo estaria se tornando em breve realidade.

O modelo conversível Veyron, a Vitesse, possui então o título de carro conversível mais rápido do mundo.

Tanto luxo implementado no Veyron que a maior parte das 451 unidades que foram produzidas, se destinaram para o mundo dos Sheiks árabes.

Em fevereiro a considerada última unidade feita chamada “La Finale”, esteve exposta no salão de Genebra juntamente ao primeiro Veyron fabricado.

O“La Finale” mesmo antes de ser exposto, já tinha sido vendido e até hoje é desconhecido o seu dono e jamais alguém soube por qual valor o feliz proprietário acabou desembolsando, tudo que se sabe é que o comprador é um anônimo colecionador americano do meio-oeste.

Fontes não oficiais apontam que tenha sido algo em torno de $3 milhões de dólares.

Passado o tempo e a moda Veyron, a Bugatti optou por iniciar os seus trabalhos com um veículo que representasse e que fosse considerado um verdadeiro substituto, que fizesse jus e estivesse as alturas dos títulos conquistados pelo seu antecessor Veyron, levando consigo a posição que sempre esteve ou seja no topo.

E eis que surge o novo bólido chamado Bugatti Chiron, um veículo que promete fazer com que o antigo Veyron venha desaparecer do mapa se tornando ainda mais avassalador.

Com isso a Bugatti espera que o Chiron não somente continue essa trajetória de imenso sucesso, como também remodelar os parâmetros da categoria dos chamados supercarros.

Da mesma maneira que foi com a LaFerrari e o Porsche 918 Spyder, provavelmente a Bugatti venha optar por um modelo que seja híbrido, alcançando assim também o carro híbrido mais potente da terra.

Estima-se que o modelo propulsor levará consigo cerca de 1500 cavalos de potência, alimentado por quatro turbocompressores fazendo com que o veículo alcance de imóvel até os 100 km/h em apenas 2,3 segundos, 200 km/h serão atingidos em apenas 6,5 segundos e 300 km/h em cerca de 13,5 segundos, chegando a expressiva marca de velocidade dos 485 km/h, é de dar medo não é mesmo? Contudo em seu painel estará registrado o alcance máximo de 500 km/h, será ?

Tamanha força que para frear o veículo por completo, será de 8 e 7 freio diâmetro do pistão de 16,6 e 15,8 polegadas, sendo na parte dianteira e na parte traseira.

O seu sistema de transmissão, ira contar com 7 velocidades e dupla embreagem que terão papel fundamental em distribuir por igual todo tipo de potência por meio de tração integral.

Os valores reais ainda não foram divulgados, porém estima-se que o preço final fique em torno de US$ 2,5 milhões de dólares, ou seja quase R$ 9,5 milhões de reais. 

Serão produzidos apenas 500 modelos e fontes asseguram que  cerca de 100 já estão reservados.

O anúncio oficial e a apresentação acontecerá no Salão de Genebra no mês de março de 2020. 

Quanto ao designer final apenas existem especulações, mesmo o carro estando a circular em fase de testes pelas ruas e muitos afiram que seria o novo modelo Chiron. 

Fontes seguras como a revista Car Magazine, afirmou que o modelo terá os mesmo traços do antigo detentor Veyron.  

Porém críticos acreditam em um carro mais moderno e que levará apenas alguns relances que lembrarão o Veyron. 

O que cabe a nós agora é aguardar para vermos até onde os engenheiros, arquitetos e designers foram capazes de chegar criando esse foguete composto por quatro rodas. 

Fato é que Bugatti fez com que seus planos saíssem do papel confirmando mais uma vez o título, porém dessa vez com o Chiron sendo o pior pesadelo da concorrência e dos supercarros mais velozes já construídos na história da humanidade. 

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here