A 99, empresa responsável pelo aplicativo de táxis, lançou seu próprio serviço de carros particulares: o 99POP, concorrente direto do Uber e do Cabify.

Com preços mais acessíveis, a categoria tem sido, além da principal escolha de muitos passageiros, também a fonte de renda de pessoas que ficaram desempregadas nos últimos anos, uma vez que oferece facilidade para motoristas autônomos adquirirem clientes.

Mas afinal, o que é preciso saber para se tornar um motorista do 99POP? Quais os tipos de carros que são aceitos? Quais os benefícios? Quais motoristas se encaixam no perfil?

Perfil do motorista

Para começar a trabalhar com a 99POP, não basta apenas ter uma carteira de motorista, pois algumas exigências extras serão feitas pela empresa. A primeira delas é estar dentro da idade mínima exigida, que, dentro do serviço, é de 21 anos.

Outra condição é possuir um smartphone com sistemas operacionais Android ou iOS. De acordo com o serviço, a versão da plataforma da Apple vai depender da região onde o motorista mora. Essa exigência é feita pois, para conseguir trabalhar, a pessoa deverá instalar o aplicativo 99 POP – Motorista, onde ela receberá as solicitações de corridas de passageiros.

O carro também deve cumprir alguns requisitos: primeiro, o veículo precisa ter quatro portas, ar-condicionado, estar bem conservado e ser de uso particular (placa cinza); o ano de fabricação depende da região do motorista, mas, no geral, aceita-se veículos que sejam de, no mínimo, 2012; além disso, a empresa pede que seus motoristas sejam amigáveis e gostem de dirigir.

O processo

A princípio, os documentos exigidos são: RG, comprovante de residência, Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) e a CNH.

A carteira de motorista, porém, deverá conter a observação de que o condutor a utiliza para exercer atividade remunerada (EAR) desde o momento do cadastro no site. Para solicitar essa permissão basta que o condutor entre em sites de órgãos como o Poupatempo e Detran para se informar sobre os detalhes de todo o processo, desde o exame psicológico até a emissão da nova carteira.

Outra exigência é que o motorista deverá contratar um Seguro de Acidentes Pessoais de Passageiro com cobertura mínima de R$ 50.000 por passageiro.

O processo de aceitação é dividido em quatro etapas: a primeira é a realização do cadastro no app; após isso, os documentos serão validados e em poucos dias o condutor receberá o resultado dizendo se está apto ou não para seguir no processo; a etapa seguinte é o Bate-Papo POP, uma conversa por telefone onde um representante fará perguntas para entender seu perfil, semelhante a uma entrevista de emprego; depois, será realizado o Teste POP, uma prova de direção dentro do carro do candidato, onde um colaborador irá avaliar, do banco do carona, como o motorista dirige e também se o veículo encontra-se em boas condições; caso haja aprovação nessa última fase, a pessoa será encaminhada para o Curso Pop, onde poderá entender o que a 99 espera de seus colaboradores. Após essas fases, o condutor estará pronto para começar a trabalhar.

O pagamento

Para receber o pagamento pelas corridas, o motorista não precisa ter uma conta no banco, mas é obrigatório o uso do Cartão99. Ele é gratuito, sem mensalidades, e é aceito em estabelecimentos que trabalhem com a bandeira MasterCard.

Um benefício interessante é que o pagamento pela corrida é somado ao saldo do cartão poucos minutos após ela ser finalizada e o motorista não precisa esperar até o fim do mês para receber a quantia. Caso ele deseje sacar o dinheiro, o profissional pode ir até uma casa lotérica e pagar um valor em torno dos R$ 3,90 para isso. A 99 desconta uma taxa de cerca de 16,99 % do valor total pago pela carona, como forma de cobrar pelos serviços prestados. Esse valor, porém, pode variar de acordo com a cidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here